Fabricante da China infectou 20 milhões de celulares

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Empresa chinesa instalou cavalo de Troia em smartphones para exibir anúncios não solicitados.

Executivos da marca Gionee, da China, foram condenados por infectar mais de 20 milhões de celulares de fabricação própria com um “cavalo de Troia”.  

Uma subsidiária da empresa foi responsável por instalar um app que permitia obter lucro por meio de anúncios não solicitados nos smartphones dos usuários.  

A ação ocorreu entre dezembro de 2018 e outubro de 2019, de acordo com o veredito. 

De abril a outubro de 2019, a empresa teria conseguido atingir 21,75 milhões de celulares com os anúncios intrusos.  

A estimativa é de que a subsidiária Shenzhen Zhipu, junto à empresa Beijing Baice Company, tenha faturado US$ 4,2 milhões

Quatro executivos da Gionee receberam pena de três anos a três anos e meio de prisão pelo crime de controlar ilegalmente o sistema dos aparelhos, e terão que pagar multa de aproximadamente US$ 30 mil cada. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.