Facções rivais se uniram para lançar ataques pelo Ceará

Português   English   Español
Facções rivais se uniram para lançar ataques pelo Ceará
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Mudanças nos presídios provocaram a ira das facções criminosas, gerando uma série de ataques que estão aterrorizando o Ceará.

O novo titular da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), Luís Mauro Albuquerque, afirmou que reunirá as facções nos presídios do Sistema Penitenciário cearense, que hoje estão separadas.

Conforme fontes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS),

As facções Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE) são responsáveis por orquestrar as ações criminosas em várias cidades do Ceará.

As duas quadrilhas travam uma guerra por território para o tráfico de drogas, que impulsiona o número de homicídios no Ceará desde 2017.

As informações colhidas pela Inteligência da SSPDS apontam participação direta das duas facções, informa o “Diário do Nordeste“.

Os primeiros ônibus foram incendiados nos bairros Edson Queiroz, onde há predominância do CV; e Parque Santa Rosa, onde quem manda no tráfico de entorpecentes é a GDE.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...