- PUBLICIDADE -

Facebook bane contas da ANTIFA em ação contra grupos de ódio

Ministério da Justiça monitora 579 autodenominados ‘antifascistas’

“Vimos crescer os movimentos que, embora não organizem diretamente a violência, realizam atos violentos”, diz Facebook.

- PUBLICIDADE -

O Facebook removeu milhares de grupos, páginas e anúncios relacionados ao movimento de extrema esquerda ANTIFA e a outras organizações acusadas de incitar a violência e o discurso de ódio na rede social.

Além dos autodenominados “antifascistas”, grupos ligados a radicais de direita também foram alvos da nova ação da empresa, destaca o jornal Valor Econômico.

Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira (19), o Facebook informou:

“Para organizações de milícias e aqueles que fomentam motins, incluindo alguns que podem ser identificados como Antifa, removemos inicialmente mais de 980 grupos, 520 páginas e 160 anúncios do Facebook.Também restringimos mais de 1.400 hashtags relacionadas a esses grupos e organizações no Instagram.”

O Facebook disse ainda que essas páginas, grupos e contas do Instagram estão vinculadas a movimentos que apoiam atos violência em meio aos protestos que assolam os Estados Unidos:

“Vimos crescer os movimentos que, embora não organizem diretamente a violência, realizam atos violentos, mostram que têm armas e sugerem que as usarão, ou têm seguidores individuais com padrões de comportamento violento.”

A rede social completou:

“Portanto, hoje estamos expandindo nossa política de Pessoas e Organizações Perigosas para abordar organizações e movimentos que provaram ser um risco significativo para a segurança pública, mas não atendem aos critérios rigorosos para serem designados como uma organização perigosa, e proibimos que tenham alguma presença na nossa plataforma.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -