Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Facebook fornece dados de 79 contas em investigação do caso Marielle

Estadão agora pode reduzir alcance de publicações no Facebook
COMPARTILHE

A investigação tramita sob sigilo da Justiça fluminense. Facebook tentou recorrer da decisão.

A rede social Facebook forneceu às autoridades do Brasil dados cadastrais e registros de acesso de 79 perfis.

A decisão, que aconteceu após ordem judicial, envolve as investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes.

A medida foi determinada pela ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz, ao analisar o recurso da empresa contra decisão da Justiça do Rio de Janeiro, que determinou quebra de sigilo de dados telefônicos e telemáticos de 82 terminais telefônicos.

A quebra do sigilo foi feita dentro da apuração sobre o envolvimento de integrantes de organização criminosa na execução de Marielle e Anderson. 

A Justiça do Rio determinou diligências que envolviam a entrega de dados privados de usuários do Facebook e Instagram, tais como o endereço do Protocolo de Internet (IP) empregado no cadastro e para logar as contas, e até o fornecimento das buscas que investigados realizaram nas duas plataformas, informa o site Metrópoles.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários