- PUBLICIDADE -

Facebook remove trecho da Declaração de Independência dos EUA

- PUBLICIDADE -

O Facebook removeu um trecho da Declaração de Independência dos Estados Unidos alegando que o texto violou as políticas da rede social sobre “discurso de ódio”.

O jornal Liberty County Vindicator estava enviando a Declaração de Independência em partes para sua página no Facebook, mas a décima parte foi removida pela rede social.

Embora o jornal não tenha certeza do motivo pelo qual o texto foi removido, eles presumiram que foi devido ao uso do termo “índios selvagens impiedosos”.

Após reclamações, o Facebook restabeleceu a postagem, declarando em um e-mail:

Parece que cometemos um erro e removemos algo que você postou no Facebook e que não foi contra nossos Padrões da Comunidade. Pedimos desculpas e informamos que restauramos seu conteúdo e removemos todos os bloqueios da sua conta relacionados a essa ação incorreta.

O Facebook também fechou recentemente um grupo de apoio para veteranos com transtorno de estresse pós-traumático, alegando que a página violava suas “diretrizes comunitárias”.

“As ações do Facebook colocaram vidas de soldados em risco. Os caras usam a página para expressar sentimentos que realmente os incomodam”, declarou o fundador da FYB UK e ex-militar Alfie Usher. “Eles estão desesperados por ajuda. É muito difícil para eles discutirem questões relacionadas às suas experiências no Iraque e no Afeganistão com suas famílias”.

 

Traduzido e adaptado de Breitbart

Anúncio

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -