Português   English   Español

Fachin arquiva inquérito da Odebrecht sobre Renan e Maia

Fachin arquiva inquérito da Odebrecht sobre Calheiros e Maia
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A decisão do magistrado do STF atende a pedido da procuradora-geral Raquel Dodge.


O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o arquivamento de uma das investigações sobre o senador Renan Calheiros (MDB) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), com base na delação da Odebrecht.

Fachin, que é relator da Operação Lava Jato na Corte, enviou o mesmo inquérito em relação aos ex-senadores Romero Jucá (MDB), e Eunício Oliveira (MDB), e o ex-deputado Lúcio Vieira Lima (MDB) para a Justiça Federal do Distrito Federal.

Na investigação aberta em abril de 2017, com base na delação da empreiteira, são citados repasses de R$ 4 milhões a Jucá e Renan, R$ 2 milhões a Eunício, R$ 1 milhão a Lúcio, e outros R$ 100 mil a Maia.

Em contrapartida, segundo os colaboradores, os parlamentares teriam se comprometido a influenciar na aprovação das Medidas Provisórias 470/09 (sobre crédito prêmio de IPI), 472/10 (sobre o Regime Especial para Indústria Petroquímica) e 613/13 (temas do interesse da Companhia, notadamente do REIQ e posterior conversão em lei), informa o jornalista Fausto Macedo.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...