PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Fachin libertou ‘30 mil vagabundos’ na pandemia, diz Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Libertou mais de 30 mil vagabundos”, diz o presidente brasileiro.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar, nesta quinta-feira (17), decisões recentes do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin.

Entre as decisões proferidas pelo magistrado, Bolsonaro criticou o habeas corpus coletivo de Fachin para que fosse concedida prisão domiciliar a todos os detentos enquadrados no grupo de risco da Covid-19

Durante transmissão semanal ao vivo nas redes sociais, Bolsonaro declarou:

“Se não me engano, foi o próprio Fachin que libertou mais de 30 mil vagabundos por ocasião da pandemia.”

A medida de Fachin valeria apenas para os detentos de unidades superlotadas e em regime semiaberto que não cometeram crimes violentos. 

De acordo com estimativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a medida poderia beneficiar 41 mil presos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.