- PUBLICIDADE -

Fachin nega pedido de Witzel para limitar seu afastamento

Fachin nega pedido de Witzel para limitar seu afastamento

Ministro considerou a "ilegitimidade ativa do requerente" para propor a ação.

- PUBLICIDADE -

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou o pedido do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), para que seu afastamento não ultrapasse o período de 180 dias. 

A decisão foi tomada pelo ministro Edson Fachin.

Réu por corrupção e lavagem de dinheiro, Witzel foi afastado do cargo em agosto do ano passado.

Witzel entrou com o pedido no STF no início do mês.

Fachin considerou a “ilegitimidade ativa do requerente” para propor a ação já que ele não está ocupando o cargo. 

Em setembro e outubro do ano passado, Fachin já havia negado dois pedidos da defesa de Witzel para suspender seu afastamento.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -