Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Fachin vota contra recurso que pode anular processos da Lava Jato

Fachin vota contra recurso que pode anular processos da Lava Jato
COMPARTILHE

Em agosto, pela 1ª vez, uma sentença na Lava Jato assinada pelo então juiz Sergio Moro foi anulada.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, apresentou, nesta quarta-feira (25), voto contrário a uma tese que pode levar à anulação de sentenças da Operação Lava Jato.

Fachin é relator de um habeas corpus da defesa de Márcio de Almeida Ferreira, ex-gerente da Petrobras condenado na Lava Jato.

A defesa de Ferreira argumenta que, no processo, réus delatados deveriam apresentar alegações finais após os réus delatores.

Desde o início da Lava Jato, a Justiça dava o mesmo prazo para as alegações finais de todos os réus, independentemente de serem delatados ou delatores.

Em agosto, entretanto, acolhendo argumento da defesa sobre a ordem das manifestações finais, a 2.ª Turma do STF anulou a condenação de Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras.

Após esta decisão da Segunda Turma, a discussão sobre ordem das alegações finais chegou ao plenário do Supremo.

Fachin foi o primeiro a votar nesta quarta. Depois que ele leu o voto, a sessão foi suspensa, e deverá ser retomada nesta quinta-feira (26). Ainda faltam as manifestações dos outros 10 ministros, informa o site G1.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários