Fake news sobre o Embaixador dos EUA no Panamá

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Podemos ver mais um claro exemplo de como a grande mídia e algumas “mídias independentes” trabalham para criar uma narrativa desfavorável contra o presidente dos Estados Unidos.

Em um artigo publicado pela Reuters nessa quinta-feira (12/01), “Embaixador dos EUA no Panamá renuncia, diz que não pode servir sob Trump“:

O embaixador dos EUA no Panamá, John Feeley, um diplomata de carreira e ex-piloto de helicóptero do Corpo de fuzileiros navais, renunciou, dizendo que ele não se sentiu mais capaz de servir o presidente Donald Trump.

A partida de Feeley foi comunicada aos funcionários do Departamento de Estado em 27 de dezembro e não foi uma resposta ao alegado uso de Trump da palavra “shithole” para descrever o Haiti e os países africanos em uma reunião na quinta-feira, disseram autoridades americanas.

O embaixador pediu para sair no dia 27 de dezembro, muito antes da grande mídia lançar a nova cartada contra Trump.

Mas, vamos ver como os imparciais veículos midiáticos do Brasil estão noticiando?

 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.