Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Faltam água, material e médicos para conter coronavírus na África

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Faltam água, material e médicos para conter coronavírus na África

O novo coronavírus chegou a dezenas de países africanos e as previsões dos especialistas são preocupantes.

A África registrava oficialmente, nesta segunda-feira (23), mais de 1,6 mil casos e 50 mortes causadas pela nova variante de coronavírus

Os números são reduzidos quando comparamos com o balanço mundial da pandemia, mas a progressão do coronavírus é rápida, os testes insuficientes e os serviços de gestão da crise não estão preparados.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um apelo na semana passada aos governos da África subsaariana para que “acordassem” e se preparassem para o pior dos cenários.

Na Nigéria, por exemplo, país mais populoso da África, o coronavírus passou de 2 casos registrados a mais de 35 em uma semana.

Apesar dos discursos oficiais tranquilizadores, em todos as nações africanos, os dados sobre material e profissionais da saúde são ambíguos e a situação é sombria, destaca a revista IstoÉ.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email