Família invade hospital na Colômbia e rouba corpo de morto por Covid-19

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A família decidiu invadir o hospital e levar o corpo do necrotério.

Os familiares do falecido Ramón Eliecer Quintero, de 59 anos, invadiram um hospital na cidade de Fundación, na Colômbia, na última quinta-feira (8).

Após a invasão, a família “roubou” o corpo do morto.

Eles não concordaram com o diagnóstico médico e com os protocolos aplicados às vítimas de Covid-19 — enterros rápidos e com poucos presentes.

O vídeo abaixo mostra o momento em que o corpo de Rámon é retirado do hospital pelos familiares.

Segundo o site colombiano de notícias RCN, a família alegou que o hospital “deixou o paciente morrer” e questionou o laudo médico porque a vítima sofria de problemas respiratórios há 14 anos.

O hospital ESE San Rafael, por outro lado, negou que tenha deixado o paciente morrer e criticou a atitude da família. 

Em uma nota à imprensa, o hospital afirmou que “Ramón Eliecer Quintero, que permanecia abandonado, por familiares, recebeu os cuidados médicos necessários”.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.