FBI ignorou denúncias sobre o psicopata da Flórida

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Menos de seis semanas antes de Nikolas Cruz praticar um dos mais mortíferos massacres em escolas na história dos Estados Unidos, o FBI recebeu uma denúncia de uma pessoa que o conhecia bem, mas nenhum agente “seguiu os protocolos” e investigou o psicopata.

Uma pessoa próxima de Nikolas Cruz entrou em contato com a linha pública do FBI no dia 5 de janeiro e “forneceu informações sobre as armas de Cruz, desejo de matar pessoas, comportamento errático, postagens perturbadoras nas redes sociais e o potencial dele realizar massacre em escola”.

A agência do FBI não passou as informações para o escritório de campo de Miami.

O comportamento negligente por parte Polícia Federal norte-americana é extremamente alarmante. Afinal, como recordou o jornalista Mike Cernovich, esta não foi a primeira vez que o FBI falhou em impedir um massacre desse tipo.

https://twitter.com/Cernovich/status/964556581974126592

O FBI foi informado sobre o atirador de Orlando, também. Eles recusaram investigar denúncia sobre o atirador da escola de Parkland. É hora de perguntar se alguém do alto escalão da agência quer que esses tiroteios aconteçam.

O diretor do FBI, Christopher Wray, declarou:

Falamos com as vítimas e famílias e lamentamos profundamente a dor adicional que causamos a todos aqueles afetados por essa tragédia horrível.

Com informações de: [NBC]
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...

SIGA A RENOVA