FBI tenta impedir publicação do polêmico memorando

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O FBI disse nessa quarta-feira (31/01) que está “seriamente preocupado” com a possibilidade de publicação do memorando elaborado pelo Comitê de Inteligência da Câmara que detalha abusos de vigilância cometidos por agências de inteligência durante o governo do ex-presidente Barack Obama.

Essa é a primeira vez que a polícia federal americana se pronuncia sobre o memorando, que deve ser tornado público pelo presidente Donald Trump nos próximos dias, apesar da óbvia oposição do Departamento de Justiça e do próprio FBI, ambos envolvidos na investigação do Congresso.

Sobre o relatório do Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes, o FBI teve uma oportunidade limitada de revisar esse documento“, de acordo com uma breve nota divulgada pela agência.

O diretor do FBI destacou que existem “sérias preocupações” com algumas “omissões” de fatos no relatório, o que poderia comprometer a “exatidão” das informações contidas no documento.

Esse posicionamento da agência era mais do que esperado, visto que o documento promete apontar nomes de membros do FBI envolvidos em investigações corrompidas politicamente.

De acordo com John Kelly, chefe de gabinete da Casa Branca, o memorando pode ser divulgado pelo presidente Donald Trump a qualquer momento.

Com informações de: [BOL]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.