FBI nega entrega de relatório sobre encontro secreto entre Obama e Comey

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O FBI declarou que não divulgará documentos sobre a reunião secreta entre o ex-diretor do FBI, James Comey, e o ex-presidente Barack Obama.

Uma fundação conservadora entrou na justiça (FOIA) requisitando que o FBI divulgasse o registro dos encontros entre Comey e Obama sob alegação de que as reuniões são de interesse público e estão relacionadas com a integridade do governo anterior.

Informações sobre um encontro secreto entre os dois no dia 5 de janeiro de 2017 fizeram com que a Daily Caller News Foundation entrasse com a requisição judicial.

Susan Rice, assessora de segurança nacional de Obama, a ex-procuradora-geral Sally Yates e o ex-vice-presidente Joe Biden também participaram da reunião.

James Comey não informou ao Comitê de Inteligência do Congresso sobre esta reunião com o ex-presidente nas vésperas de Donald Trump assumir o poder. Esta omissão deixa claro que o antigo chefe da Polícia Federal dos Estados Unidos escondeu a natureza real do seu relacionamento com Obama.

Christopher Bedford, editor-chefe do Daily Caller, classificou a negação do FBI de “vergonhosa“:

O FBI nos disse que o fato do diretor James Comey ter potencialmente mentido ao Congresso não é do nosso interesse, que não afeta a “integridade” deles, e que não deve afetar a “confiança” dos Estados Unidos na Polícia Federal. Nós discordamos, pensamos que o povo americano não concorda, e achamos que é absolutamente vergonhoso.

 

Com informações de: [TDC]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.