Português   English   Español

Apoie o jornalismo independente!

Felipe Melo pode ser punido por declarar apoio a Bolsonaro

Felipe Melo punição apoio Bolsonaro
O jogador Felipe Melo pode ser punido por declarar apoio a Jair Bolsonaro em entrevista no fim de partida.
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Mesmo sem punição prevista no Código, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) estuda levar Felipe Melo a julgamento por declarar apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).


O volante Felipe Melo, do Palmeiras, poderá ser julgado no STJD por ter apoiado em entrevista à Rede Globo na saída de campo, após o jogo entre Bahia e Palmeiras, no domingo (16), o candidato ao Planalto Jair Bolsonaro (PSL).

“Esse gol vai para o nosso futuro presidente, o [Jair] Bolsonaro. É muito importante seguir nessa sequência de não perder”, disse o jogador depois da partida em Salvador.

Não há no CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) um artigo que determine punição por manifestação política como a do palmeirense, que dedicou o gol marcado na partida ao candidato.

Contudo, por se tratar de um caso novo no futebol brasileiro, a Procuradoria do STJD estuda levá-lo ao tribunal para que se julgue uma possível punição ao atleta.

A preocupação do órgão é que a atitude de Felipe Melo possa abrir um precedente e se torne “moda” no futebol brasileiro.

Nos últimos meses, atletas do esporte brasileiro têm declarado apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro e causado bastante repercussão nas redes sociais e nos veículos da grande mídia.

Adaptado da fonte Folha

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...