Português   English   Español
Português   English   Español

Haddad passa a mão na cabeça do ditador Nicolás Maduro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Haddad passa a mão na cabeça do ditador Nicolás Maduro

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, afirma que a oposição da Venezuela é a culpada pelo alarmante colapso do país sul-americano.

Haddad ignora completamente os “super poderes” do ditador Nicolás Maduro, na Venezuela, concedidos pelo Tribunal Supremo de Justiça, órgão que é controlado por ministros de maioria chavista.

Durante sua entrevista na série de entrevistas com os presidenciáveis promovida pelo “Jornal da Globo”, Fernando Haddad declarou:

A Venezuela não vive um processo de normalidade, não vive. Por que há contestação sobre o ambiente democrático, não se reconhece resultado eleitoral, a oposição contesta quando um plebiscito é chamado, as eleições não são respeitadas. O clima alí é de conflagração. Inequívoco.

O candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) também não comentou declaração de seu partido de que o país vizinho é um “exemplo de democracia”.

Segundo informações do jornal O Globo, Haddad declarou:

Eu não vi essa declaração oficial, a posição do PT pode ser essa, mas eu estou falando da posição de um eventual governo do PT comigo à frente. O papel do Brasil tem que ser reconhecer que as coisas não andam bem por lá, a situação é conflagrada; inclusive nós estamos tendo a repercussão disso na fronteira com Roraima. Nós precisamos resolver isso lá.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

CANAL TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...