Português   English   Español

Fernando Haddad tenta se afastar de José Dirceu

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O presidenciável Fernando Haddad (PT) afirmou que, caso seja eleito, o ex-ministro José Dirceu não terá papel “nenhum” no seu governo.

Durante entrevista em Pernambuco, Haddad foi questionado sobre declarações recentes em que José Dirceu falou em “tomar o poder” e enquadrar o STF.

“Aí você entrevista o Zé Dirceu”, respondeu o candidato do PT.

O ex-prefeito de São Paulo também foi indagado sobre a participação de outras duas figuras importantes do PT em um eventual governo: Lula e Dilma Rousseff.

Sobre o ex-presidente, Fernando Haddad disse que Lula é, em sua opinião, o “maior estadista” que o país já teve.

“Sempre que puder, será ouvido como uma voz muito importante no país. Mas o presidente será Fernando Haddad” afirmou, dizendo esperar que Lula seja absolvido nas instâncias superiores da Justiça.

Em relação a Dilma, que pode ser eleita senadora por Minas Gerais, o candidato do PT disse que a ex-presidente será ouvida, assim como todo o Congresso.

“Você tem 81 senadores e todos serão ouvidos. Mas ela é do meu partido e, evidentemente, será ouvida”, disse, aproveitando para pregar o diálogo com os parlamentares e criticar Jair Bolsonaro, candidato do PSL.

 

Adaptado da fonte VEJA

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações