Português   English   Español

FHC quer aliança entre PSDB e MST para ‘filtrar’ Bolsonaro

Tucano usou as redes sociais para defender que hajam alianças novas e que ‘sentimentos’ contem mais que ‘partidos’.

Os partidos de oposição devem se juntar aos movimentos sociais e “filtrar” as ações do governo Jair Bolsonaro no interesse do Brasil, declarou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso nesta segunda-feira (19).

Ou seja, o tucano FHC não veria nenhum problema em uma aliança entre seu partido, o PSDB, e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para conter a agenda do presidente eleito.

Segundo informações do Estadão, FHC declarou:

Hora de agir, pensando. Constituição na mão, oposições e sociedade filtrarão ação do Governo no interesse do Brasil. Sentimentos contarão mais que partidos. Estes devem refazer-se juntos com os movimentos.

“Agora só falta FHC colocar um boné do MST”, frisou O Antagonista.

ATUALIZAÇÃO (18:03 | 21/11)

Em resposta as matérias da Renova Mídia e de O Antagonista, o tucano exclamou “fake news”.

De acordo com o ex-presidente, as suas palavras foram mal interpretadas e uma aliança entre o PSDB e o MST não está sendo cogitada.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter