Português   English   Español

FHC volta a pedir união do Centrão contra ‘radicais’

“Em poucas ocasiões vi condições políticas e sociais tão desafiadoras quanto as atuais”, diz o ex-presidente FHC.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) divulgou nesta quinta-feira (20) uma carta aberta na qual pede a união dos candidatos “que não se aliam a visões radicais”.

Sem citar nomes, pediu um acordo de apoio a quem “melhores condições de êxito eleitoral tiver” —caso contrário a “crise tenderá certamente a se agravar”.

A carta tem como alvos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), embora não citados nominalmente.

O ex-presidente não especifica quem seriam os candidatos moderados, mas deduz-se que incluam Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede), Henrique Meirelles (MDB), Alvaro Dias (Podemos), João Amoêdo (Novo) e possivelmente Ciro Gomes (PDT).

Pouco depois de divulgar o texto, FHC reafirmou apoio a Alckmin no Twitter:

Esta não foi a primeira vez neste ano que o ex-presidente tucano pediu a união do “Centrão”. Em julho, ele já falava sobre evitar uma “catástrofe”.

Adaptado da fonte Folha

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter