Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Fies: prazo para solicitar renegociação de débitos é prorrogado

Dívida no Fies bate recorde e chega a R$ 13 bilhões
COMPARTILHE

O prazo para adesão ao Fies foi prorrogado.

O prazo para adesão ao Programa Especial de Regularização do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi prorrogado.  

Agora, os interessados têm até o dia 31 de janeiro de 2021 para solicitar, diretamente ao agente financeiro, a renegociação de débitos dos contratos do Fies, firmados até o 2º semestre de 2017, vencidos e não quitados até o dia 10 de julho de 2020.  

Considera-se débito vencido, o saldo devedor com um dia ou mais de atraso, na fase de amortização.  

A medida foi publicada pelo Ministério da Educação, na última quarta-feira (30), no Diário Oficial da União (DOU). 

MEC quer alterar distribuição de verbas para universidades federais

Mais detalhes sobre o Fies 

Quando adere ao programa, o interessado pode optar por liquidar ou parcelar o saldo devedor total. 

Dentro dessas duas opções, há alternativas que oferecem diferentes porcentagens de redução dos encargos moratórios e quantidade de parcelas (que pode chegar até 175).  

As respectivas datas para pagamento do débito renegociado para cada uma dessas alternativas, que foram definidas na resolução nº 42, não foram alteradas.   

Para liquidação do saldo devedor total em até 4 parcelas semestrais até 31 de dezembro de 2022, sendo o vencimento da primeira parcela em 31 de março de 2021, a redução dos encargos moratórios é de 60%.  

Já para o parcelamento do saldo devedor total, as opções são as seguintes: em até 24 parcelas mensais, sendo o vencimento da primeira parcela em 31 de março de 2021, com redução de 60% dos encargos moratórios; em até 145 parcelas mensais e sucessivas, sendo o vencimento da primeira parcela a partir de janeiro de 2021, com redução de 40% dos encargos moratórios; ou em até 175 parcelas mensais e sucessivas, vencíveis a partir de janeiro de 2021, com redução de 25% dos encargos moratórios.  

 Os descontos concedidos são referentes aos encargos moratórios, ou seja, os débitos contratuais permanecerão sendo cobrados. O valor da parcela mensal resultante da renegociação não poderá ser inferior a R$ 200 reais.  

Após a adesão ao Programa Especial de Regularização do Fies, o banco terá até 15 dias para finalizar a contratação da renegociação, que será efetuada mediante termo aditivo ao contrato de financiamento, podendo ser assinado eletronicamente pelos financiados e seus fiadores, por meio dos canais de atendimento que serão disponibilizados pelo banco para essa finalidade. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE