- PUBLICIDADE -

Filhos de juíza indicada ao Supremo dos EUA na mira do NY Times

Filhos de juíza indicada ao Supremo dos EUA na mira do NY Times

“A esquerda e a imprensa deveriam deixar os filhos da juíza Barrett em paz”, diz senador.

- PUBLICIDADE -

O senador republicano Mitch McConnell criticou, nesta segunda-feira (19), o jornal New York Times por causa de uma reportagem sobre dois filhos adotivos haitianos de Amy Coney Barrett, juíza conservadora indicada pelo presidente Donald Trump à Suprema Corte dos Estados Unidos.

Segundo o jornal Washington Examiner, McConnell declarou:

“A esquerda e a imprensa deveriam deixar os filhos da juíza Barrett em paz. O NY Times não tem licença para começar a tratar menores de idade como objetos de curiosidade pública.”

A reportagem citada pelo senador examinou a adoção de John Peter e Vivian, que foram trazidos aos EUA por Barret de um orfanato no Haiti.

O senador Mitch McConnell continuou:

“Apenas alguns comentaristas de extrema esquerda e agora o NY Times optaram por escrutinar os filhos da juíza Barrett ao invés de suas qualificações.”

E completou:

“Se a juíza Barrett fosse um ícone esquerdista, a imprensa estaria interferindo contra ataques pessoais e perseguindo os republicanos por denunciá-los.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -