- PUBLICIDADE -

Fiocruz defende lockdown de 14 dias em regiões do Brasil

Foto: Reprodução/Correio Braziliense

“Este colapso não foi produzido em março de 2021, mas ao longo de vários meses”, diz a Fiocruz.

- PUBLICIDADE -

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) defendeu a adoção de lockdown por cerca de 14 dias nos estados e capitais com altas taxas de ocupação de leitos de UTI por pessoas infectadas pelo coronavírus.

As informações foram apresentadas, nesta terça-feira (23), em uma edição extraordinária do boletim do Observatório Covid-19 da instituição.

Ao todo, 19 capitais estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos iguais ou superiores a 90% na rede pública e outras seis com índices entre 80% e 90%.

De acordo com o boletim da Fiocruz:

“Desde o início do mês de março, o país assiste a um quadro que denota o colapso do sistema de saúde no Brasil para o atendimento de pacientes que requerem cuidados complexos para a Covid-19.”

O texto acrescenta:

“Este colapso não foi produzido em março de 2021, mas ao longo de vários meses, refletindo os modos de organização para o enfrentamento da pandemia no país, nos estados e nos municípios.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -