Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Flamengo confiante na transmissão de suas partidas pela internet

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Flamengo confiante na transmissão de suas partidas pela internet
COMPARTILHE

“Brasil não pode ficar amarrado ao passado, negar o que estamos vendo de mudança tecnológica”, diz VP do Flamengo.

O vice-presidente de Relações Externas do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, mais conhecido como “Bap”, comentou, nesta quarta-feira (24), sobre a Medida Provisória nº 984, que dá prerrogativa exclusiva ao mandante de negociar o direitos de transmissão de seus jogos.

Dias atrás, o Grupo Globo acionou a Justiça a fim de evitar que o clube negocie ou transmita por conta própria a partida contra o Boavista, na próxima quarta-feira, dia 1º de julho , pela Taça Rio.

Em entrevista à revista Lance, Bap rebateu:

“Flamengo entende que esse é o caminho natural. A MP ainda precisa ser julgada. A Globo está fazendo o que é do seu interesse. o Flamengo fará o mesmo. O Flamengo não tem contrato e está muito claro o que é mandante e não é mandante.” 

E acrescentou:

“Há mais de 10 anos vivemos o empoderamento de indivíduo, que pode se expressar cada vez mais sem o intermediário. É um benefício que a tecnologia trouxe para o mundo. Isso foi pouco considerado nos últimos anos nessa discussão . Vai ser importante trazer mais a sério essa discussão. O Brasil não pode ficar amarrado ao passado, negar o que estamos vendo de mudança tecnológica. Precisamos nos ajustar.”

Ele completou:

“É inconstitucional, dizer com quem você vai se associar ou fazer negócios. Os instrumentos estão aí, a realidade do mundo é essa, não pode dizer por decreto o que será feito. O benefício da MP é isso. Discutir isso abertamente e discordamos frontalmente do que ele está querendo. O assunto está parado no Congresso há anos, já tivemos uma crise com sete clubes brigando com a Globo e assinaram com outra emissora (Esporte Interativo). Não teve Liga, nada. Os clubes devem se juntar, negociar direitos, com as partes em que acredita, se alinham, ou concordam que ser o melhor para eles.”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.