Português   English   Español

Flavio Bolsonaro é contra Calheiros na presidência do Senado

O senador eleito pelo Rio de Janeiro, Flavio Bolsonaro, disse nesta quarta-feira (28), em Brasília, que vai trabalhar para evitar a eleição de Renan Calheiros (MDB-AL) para a presidência do Senado Federal.

A nova legislatura toma posse em fevereiro e Renan Calheiros, reeleito senador por Alagoas, articula sua candidatura para um quinto mandato no comando da Casa, informa a Agência Brasil.

Ele presidiu o Senado em quatro ocasiões: entre 2005 e 2007, entre 2 de fevereiro de 2007 a 14 de outubro de 2007, de 2013 a 2015, e no biênio 2015-2017.

Ao chegar no Centro Cultural Banco do Basil (CCBB), sede do governo de transição, o filho do presidente eleito Jair Bolsonaro declarou:

O Renan é uma pessoa que já está há bastante tempo ali, foi reeleito, então portanto tem que ter o diálogo, mas certamente para a presidência da Casa não é o que a população espera. A gente tem que dar um norte para o Senado que tenha sintonia com que o brasileiro disse nessas eleições, então certamente nosso apoio não será para o Renan.

Flávio citou os senadores Davi Alcolumbre (DEM-SC), Lasier Martins (PSD-RS), Esperidião Amin (PP-SC) e Álvaro Dias (Podemos) como outros candidatos que já manifestaram o desejo de presidir a Casa e defendeu que a discussão caminhe para uma candidatura única do grupo de apoio do futuro governo.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter