- PUBLICIDADE -

Flordelis diz que uma das filhas mandou matar o pastor Anderson

Ministro do STF libera investigação sobre deputada Flordelis

“Ela não podia ter feito isso, não é matando que resolvemos os problemas”, diz Flordelis.

- PUBLICIDADE -

A deputada federal Flordelis afirmou, nesta quinta-feira (25), que a filha Simone foi a mandante da morte do pastor Anderson.

Anderson foi assassinado a tiros em junho de 2019, na garagem da casa da família.

A deputada é uma das 11 acusadas pelo crime. Ela, no entanto, nega o envolvimento. 

De acordo com o Ministério Público, ela foi a mandante do assassinato.

Em entrevista ao jornalista Pedro Bial, Flordelis disse que Simone estava doente e era assediada por Anderson:

“Além de estar com câncer, sofrendo com câncer, ela carregava isso sozinha, em silêncio, esses assédios, esses estupros. Ela carregava sozinha, Bial.”

A deputada completou:

“Não estou defendendo ela, porque não concordo com o que ela fez. Eu discordo 100%. Ela não podia ter feito isso, não é matando que resolvemos os problemas.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -