- PUBLICIDADE -

Floresta de Canela: concessão prevê R$ 90 milhões de investimento

- PUBLICIDADE -

Floresta tem uma área de 557 hectares, com altitudes que chegam a 840 metros.

O edital para a concessão da Floresta Nacional de Canela, localizada no Rio Grande do Sul, foi aberto no início do mês de maio.

Esta floresta tem uma área de 557 hectares, com altitudes que chegam a 840 metros, destacando-se como uma das áreas turísticas com maior potencial na principal rota turística do Sul do Brasil, a Serra Gaúcha.

A agenda de concessões do Ministério do Meio Ambiente, em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), visa fomentar o ecoturismo em parques nacionais e outros tipos de unidades de conservação (UC) federais.

O edital estabelece obrigações para os investidores, como a manutenção da brigada de incêndio da unidade e o monitoramento e manejo de espécies. 

Além disso, devem ser realizados serviços determinados essenciais como a manutenção, limpeza e infraestrutura para tornar a experiência de ecoturismo mais atrativa e segura. 

De acordo com a modelagem desenvolvida em conjunto com o Programa de Parcerias de Investimento (PPI), a previsão de investimentos totaliza mais de R$ 9 milhões em infraestrutura e supera R$ 84 milhões em despesas operacionais, priorizando a geração de emprego e renda.

Baseado no plano de manejo do parque, o processo de concessão inclui detalhados estudos de viabilidade antes do lançamento do edital, onde são apresentadas as regras para participação dos interessados na concessão. Esse é um dos últimos passos do processo, precedendo o leilão com o anúncio do vencedor.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -