Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Flórida busca legislação mais dura contra protestos violentos

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Flórida busca legislação mais dura contra protestos violentos
COMPARTILHE

“Você vê vídeos com pessoas inocentes jantando e esses lunáticos enlouquecidos gritando com elas”, diz governador.

Ron DeSantis, governador da Flórida, anunciou, nesta segunda-feira (21), uma proposta de lei que tem como objetivo penalizar de forma mais dura quem praticar atos violentos durante manifestações.

De acordo com a nova legislação, pode ser acusada criminalmente qualquer pessoa que participe de um protesto que resulte em danos materiais ou ferimentos, que obstrua o tráfego de veículos durante um protesto não autorizado, que derrube um monumento ou destrua propriedades públicas durante uma manifestação violenta.

Segundo o jornal Gazeta do Povo, o texto também considera contravenção assediar pessoas em locais como restaurantes durante uma manifestação violenta. 

“Você vê vídeos com pessoas inocentes jantando e esses lunáticos enlouquecidos gritando com elas e intimidando-as. Você não vai fazer isso no estado da Flórida”, afirmou o governador.

DeSantis também propõe uma pena de prisão de no mínimo seis meses para quem agredir um policial durante um protesto.

Apesar de a Flórida não ter registrado protestos violentos do movimento de extrema esquerda Black Lives Matter, o governador disse que quer ter certeza de que esse tipo de manifestação não vá ocorrer no Estado. 

Ainda não há data para os parlamentares do estado apreciarem a proposta, já que a legislatura da Flórida não vai começar sua sessão anual de 60 dias até março de 2021.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram