FMI reduz previsão de crescimento do Brasil em 2018

O Fundo Monetário Internacional (FMI) revisou para baixo a previsão de crescimento do Brasil em 2018 –de 2,3% para 1,8%.

No caso específico do Brasil, o FMI reafirmou que prevê crescimento de 1,8% em 2018 — em abril, projetava alta de 2,3%. Para 2019, a projeção foi mantida em 2,5%.

O fundo cita como causas as condições globais mais restritas e a recente greve dos caminhoneiros no país.

‘O resultado incerto das eleições gerais de 2018 pode pesar mais sobre o crescimento’, alerta o órgão internacional.

O FMI cita ainda que os esforços para aprovação de uma “muito necessária reforma da Previdência”, que ele julga como “uma medida chave para a consolidação fiscal subjacente”, estão paralisados por causa do calendário eleitoral.

 

Com informações da GaúchaZH
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia