Português   English   Español
Português   English   Español

Fome na Coreia do Norte alcança 40% da população

Fome na Coreia do Norte alcança 40% da população
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Programa Alimentar Mundial e Unicef são algumas das poucas organizações que ajudam o país.

De acordo com um relatório do Programa Alimentar Mundial (PAM), dez milhões de pessoas na Coreia do Norte sofrem em função da fome. Como resultado, esses 40% da população enfrentam problemas de desnutrição e precisam de ajuda humanitária.

O porta-voz do PAM, Hervé Verhoosel, declarou:

Apesar das melhorias registradas neste ano, a necessidade de ajuda humanitária na Coreia do Norte é ainda muito expressiva, principalmente por causa da insegurança alimentar crônica e uma alta taxa de desnutrição.

Sob a ditadura de Kim Jong Un, uma a cada cinco crianças sofre de problemas como raquitismo. A doença compromete o crescimento por causa da carência de vitamina D e cálcio.

O PAM está vinculado à Organização das Nações Unidas (ONU) e tem enviado ajuda ao país. Porém, segundo Hervé, é possível que a falta de verba comprometa o auxílio.

O órgão, que gostaria de reservar US$ 52 milhões à Coreia do Norte em 2018, ainda precisa de US$ 15,2 milhões para financiar seus programas e evitar cortes em seus projetos de assistência alimentar.

A Coreia do Norte tem procurado se aproximar do presidente americano, Donald Trump, para diminuir as sanções internacionais que tem enfrentado. O PAM e a Unicef são algumas das poucas organizações que ajudam o país, que já passou por um período de fome intensa no meio dos anos 90.

 

Adaptado da fonte Pleno.News

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!