Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Forças Armadas aceleram produção de cloroquina no Brasil

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Forças Armadas aceleram produção de cloroquina no Brasil
Imagem: Reprodução/Twitter

Os laboratórios químico-farmacêuticos das Forças Armadas atuam em parceria com o Ministério da Saúde.

Os laboratórios químicos das Forças Armadas do Brasil aumentaram a produção de álcool em gel e de cloroquina

A produção em caráter emergencial acontece de forma conjunta em três laboratórios localizados no Rio de Janeiro, segundo anúncio do Ministério da Defesa.

Os laboratórios estão unindo forças para ampliar a produção de cloroquina. Recentemente, o medicamento foi autorizado pelo Ministério da Saúde para ser utilizado no tratamento de pacientes acometidos por coronavírus em estado grave. 

O laboratório do Exército Brasileiro é detentor do registro desse medicamento e acelerou a produção na segunda-feira passada (23).

Assim que a produção for concluída, cabe aos laboratórios da Força Aérea e da Marinha as etapas de embalagem e rotulagem. 

“As ações conjuntas permitirão acelerar a produção, de forma que sejam concluídos dois lotes por semana, o que representa cerca de 500 mil comprimidos”, explicou o Capitão de Mar e Guerra, André Hammen, segundo a agência EBC.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email