- PUBLICIDADE -

Forças Armadas são obedientes à Constituição, diz Azevedo e Silva

‘Democracia sai fortalecida na Bolívia’, diz Azevedo e Silva
Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress
- PUBLICIDADE -

O general diz que a crise de coronavírus exige “entendimento e esforço de todos os brasileiros”.

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, afirmou, nesta segunda-feira (20), que as Forças Armadas trabalham para “manter a paz e a estabilidade do País, sempre obedientes à Constituição Federal”.

Em nota à imprensa, o general diz que o momento exige “entendimento e esforço de todos os brasileiros”, visto que nenhum país está preparado para uma pandemia.

Azevedo e Silva diz ainda que “essa realidade requer adaptação das capacidades das Forças Armadas para combater um inimigo comum a todos: o coronavírus e suas consequências sociais”. 

“É isso o que estamos fazendo”, finaliza a nota do Ministério da Defesa, segundo a revista Exame.

A declaração acontece após o presidente da República, Jair Bolsonaro, ser alvo de críticas de parlamentares, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e entidades após participar de uma manifestação em Brasília, no domingo (19). 

Segundo os críticos, o ato pedia intervenção militar e o fechamento do Congresso Nacional e do STF. No entanto, apenas uma minoria de manifestantes carregavam cartazes e faixas defendendo estas pautas.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -