‘Forças do mal’ celebram eleição na Argentina, diz Araújo

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“As forças da democracia estão lamentando pela Argentina, pelo Mercosul e por toda a América do Sul”, afirmou Araújo.

Ernesto Araújo, chanceler do Brasil, afirmou, nesta segunda-feira (28), que a as “forças do mal estão celebrando” a vitória da chapa de esquerda, encabeçada por Alberto Fernández, na eleição presidencial da Argentina

Em mensagens no Twitter, Araújo também disse que as força democráticas do continente estão lamentando:

“As forças do mal estão celebrando. As forças da democracia estão lamentando pela Argentina, pelo Mercosul e por toda a América do Sul. Mas o Brasil continuará inteiramente do lado da liberdade e da integração aberta.”

De acordo com Araújo, os sinais indicam que o novo governo argentino deve seguir a linha do kirchenrismo clássico, com “fechamento comercial, modelo econômico retrógrado e apoio às ditaduras”: 

“A esquerda é totalmente ideológica no apoio aos regimes tirânicos da região. Mas, quando se relaciona com as democracias (das quais depende), a esquerda pede ‘pragmatismo’.”

O chefe do Itamaraty disse ainda que o governo brasileiro será “pragmático” na defesa dos princípios e interesses do país na região, que são um “Mercosul sem barreiras internas e aberto ao mundo” e “uma América do Sul sem ditaduras”.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.