Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Fortalecimento familiar é prioridade do governo Bolsonaro na ONU

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Fortalecimento familiar é prioridade do governo Bolsonaro na ONU

Brasil tenta reeleição no Conselho de Direitos Humanos da ONU para o triênio de 2020 a 2022.

O governo Jair Bolsonaro inseriu “o fortalecimento das estruturas familiares” como uma de suas prioridades no documento da candidatura do Brasil à reeleição no Conselho de Direitos Humanos da ONU, para o triênio de 2020 a 2022.

As eleições acontecem em outubro, durante a Assembleia Geral da ONU. Há duas vagas para países da América do Sul e do Caribe e entende-se que Brasil e Venezuela serão os únicos candidatos, informa o jornal O Globo.

Ao contrário da apresentação da candidatura em 2016, o documento do governo brasileiro não faz menções ao termo “gênero”, que então aparecia duas vezes.

Por outro lado, a promoção da família, que não era citada na candidatura anterior, é mencionada nove vezes na atual.

A exclusão da palavra “gênero” e a entrada da promoção da família acompanha a nova postura brasileira em fóruns internos e internacionais.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email