Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Fox News aponta laboratório em Wuhan como origem do novo coronavírus

Regime admite falha na resposta à epidemia do coronavírus
COMPARTILHE

O número de casos de coronavírus no mundo passou hoje de 2 milhões.

Na manhã desta quarta-feira (15), publicamos a reportagem “Evidências reforçam ligação de laboratório na China com origem da pandemia“, onde apontamos um cenário onde a origem do coronavírus é o Instituto de Virologia de Wuhan, uma instalação de altíssima segurança.

Na noite de hoje, a emissora norte-americana Fox News confirmou que o laboratório em Wuhan, província no epicentro da pandemia, é o ponto de partida da Covid-19.

De acordo com a Fox, o SARS-CoV-2 não surgiu “como uma arma biológica, mas como parte dos esforços da China” para rivalizar com os Estados Unidos no domínio deste tipo de vírus.

As fontes ouvidas pelas Fox News indicam que a transmissão inicial do vírus foi de morcego para humano, e que o “paciente zero” trabalhava no laboratório, mas acabou transmitindo o vírus para a população local.

O veículo de imprensa dos EUA diz ter “várias fontes que foram informadas sobre os detalhes de ações iniciais do governo da China”. A Fox News também alega que suas fontes tiveram acesso a “materiais relevantes” sobre o assunto.

Como informamos mais cedo, uma reportagem investigativa do jornalista Jim Geraghty para o portal National Review documenta extensivamente uma série de evidências sugerindo este cenário. 

Os destaques da reportagem em questão incluem:

  1. Anúncios de emprego no Instituto de Virologia de Wuhan, em dezembro de 2019, para cientistas estudarem coronavírus em morcegos;
  2. Alerta de que novos vírus foram descobertos no laboratório;
  3. Quando soube do surto, uma virologista chinesa conhecida como “Mulher-Morcego” ficou preocupada de que o vírus tivesse saído de seu laboratório;
  4. Instituto de Virologia de Wuhan nega a existência da pessoa que seria supostamente a “paciente zero“, uma estudante de graduação chamada Huang Yanling
  5. Informações sobre Huang Yanling foram removidas do site do laboratório;
  6. Apesar de o instituto afirmar que ela está em boa saúde, o paradeiro da estudante é desconhecido;

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE