Português   English   Español
Português   English   Español

França autorizará reprodução assistida para lésbicas e solteiras

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
França autorizará reprodução assistida para lésbicas e solteiras

“Era uma promessa do presidente [Emmanuel Macron]”, ressaltou a ministra da Saúde, Agnès Buzyn.

O governo da França aprovou, nesta quarta-feira (24), um projeto de lei sobre bioética que autorizará a reprodução assistida para casais de lésbicas e mulheres solteiras.

O direito de recorrer a essas técnicas, que na França estavam autorizadas para os casais heterossexuais desde 1994, será ampliado aos “casais de mulheres e às mulheres não casadas”, segundo o projeto de lei.

Cerca de 150 mil tentativas de reprodução assistida são realizadas por ano na França.

De acordo com o governo de Emmanuel Macron, a mudança na regra deve causar um aumento de duas mil, que até então eram feitas no exterior, informa a agência EFE.

A ministra da Saúde, Agnès Buzyn, afirmou que a nova legislação não abre possibilidade de viabilizar a a barriga de aluguel.

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: