Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

França denuncia ‘degradação humanitária acelerada’ na Venezuela

França denuncia ‘degradação humanitária acelerada’ na Venezuela
COMPARTILHE

Ministro francês denunciou as “graves violações aos direitos humanos perpetrados pelo regime de Maduro”.

O chanceler francês, Jean-Yves Le Drian, denunciou a “degradação acelerada” da situação humanitária na Venezuela.

O ministro reiterou o apoio da França ao presidente interino Juan Guaidó, ao iniciar, na última quinta-feira (25), uma viagem pela América do Sul, que será encerrada no Brasil.

A França, ao lado de mais de 50 países, reconheceu há seis meses a Guaidó como líder legítimo da Venezuela, com o objetivo de encerrar a ditadura liderada por Nicolás Maduro.

Durante visita ao Chile, segundo a revista ISTOÉ, Le Drian declarou:

“Abordamos a crise na Venezuela e temos expressado nossa profunda preocupação diante da acelerada degradação da situação humanitária e as graves violações aos direitos humanos perpetrados pelo regime de Maduro.”

Le Drian também felicitou o Grupo de Lima, que na terça-feira clamou à comunidade internacional para fazer um “grande esforço” para que a Venezuela celebre eleições em breve.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários