- PUBLICIDADE -

França desaconselha uso da cloroquina contra coronavírus

Médicos apontam cloroquina como ‘tratamento mais eficaz’ contra Covid-19
Imagem: Reprodução/AFP
- PUBLICIDADE -

Pacientes já com o tratamento em curso com hidroxicloroquina poderão seguir o protocolo até o fim.

A França foi o primeiro país da Europa a autorizar a utilização de hidroxicloroquina como tentativa de curar a infecção por coronavírus

As coisas mudaram por lá, nesta terça-feira (26), quando o Conselho Nacional para a Saúde Pública da França (HCSP) recomendou¹ que médicos não usem a hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19.

“Os pacientes já com o tratamento em curso no quadro dos testes clínicos a base de hidroxicloroquina poderão seguir o protocolo até o fim”, destacou o conselho.

A decisão foi tomada após o ministro francês da Saúde, Olivier Véran, pedir uma revisão² das regras excepcionais de prescrição de diversos tratamentos contra o coronavírus, entre eles a hidroxicloroquina.

O fármaco deve ser usado apenas nos casos das 16 pesquisas clínicas controladas que ainda estão sendo realizadas. Novos pacientes não devem ser incluídos nos estudos.

Os primeiros testes foram feitos no hospital de Marselha, pelo médico Didier Raoult, que criticou a decisão das entidades internacionais sobre os medicamentos.

“Mas quem me critica não é médico. Eu tive batalhas no Conselho da Ordem Médica e continuarei. Não tem o direito de impedir um médico de tentar curar”, disse³ Raoult.

Referências: [1][2][3]
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -