PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

França pede revisão do uso da cloroquina contra coronavírus

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Assim como no Brasil, a França não tem restrições quanto ao uso da cloroquina em casos graves da doença.

O ministro da Saúde, Olivier Véran, da França, pediu, neste sábado (23), uma revisão das regras excepcionais de prescrição de diversos tratamentos contra o coronavírus, entre eles a hidroxicloroquina.

A declaração¹ de Véran acontece um dia depois da publicação de um estudo na revista The Lancet que contesta a eficácia da cloroquina e alerta sobre os riscos de seu uso em pacientes infectados pela Covid-19.

De acordo com essa pesquisa², que foi realizada com 96 mil pacientes, a hidroxicloroquina e seus derivados podem aumentar o risco de morte e de arritmia cardíaca. 

Diante dos resultados do estudo, em uma mensagem no Twitter, o ministro francês solicitou³ ao Alto Conselho de Saúde Pública a análise do estudo.

Olivier Véran também solicitou uma proposta, em 48 horas, de revisão das regras de prescrição excepcionais que vêm sendo adotadas nos hospitais. 

Referências: [1][2][3]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.