Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

França sofre com número crescente de favelas

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Como ocorreu em outros lugares do mundo, as favelas francesas começaram a se tornar um problema cotidiano em função da rápida urbanização que se seguiu ao final da Segunda Guerra Mundial.

A mecanização nos campos acelerou o êxodo rural e, no caso da França, esse movimento foi acompanhado pelo afluxo de imigrantes vindos das colônias mantidas pelo país no norte africano.

Hoje, embora ainda haja africanos, a população majoritária nas favelas vem de dentro da própria Europa – em geral, ciganos oriundos de países como a Romênia, Bulgária e Ucrânia, particularmente após o fim do bloco socialista e a ampliação da União Europeia, facilitando o trânsito de cidadãos do Leste Europeu para as nações ocidentais.

Sem uma solução definitiva para o problema da falta de alojamento, muitas famílias optam por viver em péssimas condições nas ruas da França, o que está levando ao crescimento no número de favelas no país.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias