Português   English   Español

Francesas contra a histeria das feministas americanas

Manifesto assinado por atrizes como Catherine Deneuve defende que série de denúncias de assédio vai na contramão da liberação sexual.

O estupro é um crime, mas a paquera insistente ou sem sutileza não é um crime, nem o galanteio é uma agressão machista.

Nos obrigam a falar o que acham correto, e aquelas que se recusam a fazê-lo são acusadas de traição e cumplicidade.

As signatárias do manifesto se insurgem contra o feminismo que toma a forma de “ódio aos homens e à sexualidade”.

As mulheres, segundo elas, podem “lutar pela igualdade salarial, mas não devem traumatizar-se por causa de importunadores no metrô, mesmo se é considerado um delito. As mulheres deveriam ver isso como a expressão de uma grande miséria sexual.”

A escritora Abnousse Shalmani, que assina o manifesto, comparou o feminismo ao stalinismo.

 

Com informações de: (1) (2)

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter