- PUBLICIDADE -

Francesas relatam agressões sexuais durante comemorações da Copa

- PUBLICIDADE -

Com a vitória da seleção francesa na Copa do Mundo, no último domingo (15), os torcedores saíram em massa às ruas de toda a França para celebrar a conquista.

Enquanto o dia foi de festa para a maioria, para muitas mulheres da França, a data vai ficar marcada por causa das agressões e do assédio sexual que sofreram.

São dezenas de depoimentos chocantes de beijos e toques forçados e relatos de mulheres que tentavam a todo o custo se desvencilhar de torcedores abusivos.

A maioria dos casos teve como palco a avenida Champs-Elysées, no centro de Paris, onde foi registrada a maior concentração de pessoas após a façanha da seleção francesa.

“Um homem bêbado passa a mão na minha bunda e tenta me beijar à força”, conta uma jovem francesa no Twitter. “Eu o empurro e ele agarra meu pescoço, dizendo: ‘é a festa da vitória, o que você espera?'”.

Outras agressões foram registradas em diversos pontos da capital francesa, como a avenida Grands Boulevards, onde uma garota relata que ficou com medo de ser estuprada por um homem, enquanto as pessoas ao redor riam da situação.

‘Ele enfiou a língua na minha boca e, enquanto eu me debatia, apertou meus seios e colocou a mão entre as minhas pernas’, publicou a jovem.

As denúncias, no entanto, vêm de toda a França, como a de uma garota na fan zone de Lyon.

‘Tentei sair do meio da multidão porque não aguentava mais e em todo o trajeto levei tapas na bunda’, escreve.

O chefe da polícia de Paris, Michel Delpuech, fez um apelo nesta quarta-feira (18) para que as mulheres não apenas publiquem os relatos nas redes sociais, mas registrem os casos nas delegacias.

 

Com informações da RFI
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -