- PUBLICIDADE -

Fumaça de incêndios florestais nos EUA chega à Europa

Fumaça de incêndios florestais nos EUA chega à Europa

Incêndios já consumiram cerca de 1,8 milhão de hectares de vegetação seca e matas nos EUA.

- PUBLICIDADE -

Várias equipes de bombeiros dos Estados Unidos continuam enfrentando, nesta quarta-feira (16), incêndios florestais letais que obrigaram milhares de pessoas a abandonarem suas casas.

Os céus da região estão repletos de fumaça e fuligem, agravando a crise de saúde pública representada pela pandemia de coronavírus.

A poluição atingiu níveis históricos em resultado dos incêndios em cinco cidades do Oregon.

Enquanto isso, cientistas da Europa rastrearam a fumaça, que se espalha em escala intercontinental.

Os pesquisadores acompanharam a fumaça à medida que ela se estendia até o continente europeu. 

O Serviço de Monitoramento Copérnico da União Europeia (Cams) está monitorando a escala e a intensidade das chamas e o transporte de sua fumaça através dos EUA e além.

“O fato de estes incêndios estarem emitindo tanta poluição na atmosfera a ponto de ainda podermos ver fumaça espessa a mais de oito mil quilômetros de distância reflete como eles são devastadores em sua magnitude e duração”, disse Mark Parrington, cientista sênior do Cams, em um comunicado, segundo a agência Reuters.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -