Fundação de George Soros vai abandonar a Hungria

O escritório da Open Society Foundations do globalista George Soros será fechado em Budapeste, capital da Hungria. As suas operações serão transferidas do leste europeu para Berlim.

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, culpa George Soros por trazer uma série de males ao continente europeu e incentiva aprovação de legislação que dificulta a operação das organizações não-governamentais no país.

O projeto de lei ficou conhecido como “Stop Soros” e, como esperado, provocou duras críticas internacionais. Inclusive, em uma tentativa desesperada de manter a influência no país, Soros organizou protestos em Budapeste no sábado para atrair atenção global à situação na Hungria.

O jornal húngaro 444.hu disse que o escritório da Open Society Foundations finalizará completamente suas operações no país em 31 de agosto.

A Reuters não conseguiu obter uma declaração da Fundação de George Soros em Budapeste, nem em Nova York.

 

Matéria traduzida e adaptada de: [Yahoo]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia