- PUBLICIDADE -

Fundo do mar pode ajudar na busca por vida em Marte

Imagem: Caitlin Devor/University of Tokyo
- PUBLICIDADE -

Bactérias vivendo em zonas marinhas inóspitas podem dar pistas sobre os tipos de seres que sobreviveriam em Marte.

A descoberta de organismos unicelulares em rocha vulcânica encontrada no fundo do Oceano Pacífico pode influenciar a forma como cientistas buscam por vida em Marte

As rochas analisadas pelos cientistas foram retiradas de 125 metros abaixo do assoalho marinho. As amostras de minerais tinham entre 13,5 e 104 milhões de anos.

Os minerais presentes nas rachaduras do assoalho são muito provavelmente parecidos com aqueles que compõem a superfície rochosa do Planeta Vermelho. 

Dessa forma, com a comprovação que existe vida nas rochas do oceano profundo, onde ninguém esperava encontrá-la, aumenta a possibilidade de existir vida também no nosso vizinho cósmico.

A pesquisa foi publicada na semana passada no periódico científico Communications Biology e liderada por cientistas da Universidade de Tóquio, no Japão, destaca a revista Veja.

O próximo passo envolve uma colaboração entre a equipe de pesquisadores japoneses e a NASA para coletar amostras rochosas diretamente de Marte.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -