Português   English   Español

Futuro ministro diz que bebidas alcoólicas impulsionam a violência

Futuro ministro diz que bebidas alcoólicas impulsionam a violência
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O médico gaúcho e deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), de 68 anos, recebeu de Jair Bolsonaro a missão de comanda o futuro Ministério da Cidadania.


A nova Pasta que será comandada pelo parlamentar Osmar Terra concentrará Desenvolvimento Social, Cultura e Esporte.

Formado em neurociência, Terra buscou na medicina os preceitos que passou a defender na política. É radicalmente contra o uso de drogas, incluindo o consumo de bebidas alcoólicas.

Em entrevista ao jornal “O Globo“, o futuro ministro foi questionado sobre a imposição de um horário limite para venda de bebidas no Brasil.

Osmar Terra respondeu:

Sim. A maior parte dos acidentes e mortes causadas por pessoas embriagadas acontecem sempre depois da meia-noite. Acho que podemos colocar alguns limites para venda de bebidas em lugares mais violentos. Não precisa ser em todo o país. Dá para mapear a violência.

Ele explicou melhor:

Há lugares que têm mais homicídios. A experiência de Diadema (SP) está publicada em livros. Reduziu muito o número de homicídios. Era a cidade que mais tinha homicídios em São Paulo e hoje é das que têm menos. A bebida ajuda, né. Diadema colocou até meia-noite, uma da manhã o limite. Depois disso, não se pode vender.

O entrevistador indagou se o futuro ministro da Cidadania já havia apresentado o projeto ao presidente eleito Jair Bolsonaro. Ele respondeu:

É, a gente está conversando sobre isso. Um projeto integrado com a Justiça. É um assunto que estamos discutindo, mas ainda não tomamos nenhuma decisão a respeito. O objetivo é tornar o esporte o “barato” que a droga dá à juventude. Música e esporte. Esse é o principal.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...