Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Fux critica decisão que facilitou fuga de liderança do PCC

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
MBL entrará com pedido de impeachment contra Luiz Fux
Imagem: Divulgação/STF

Ministro critica decisão judicial que facilitou fuga de chefe de facção criminosa no Paraná.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, não ficou nada satisfeito com a notícia da fuga do chefe do Primeiro Comando da Capital (PCC) no Paraná.

Futuro presidente do STF, Fux demonstrou indignação com a decisão judicial que enviou Valacir de Alencar, condenado a 76 anos de prisão, para o regime domiciliar por causa do coronavírus.

Horas após a decisão da Justiça, o narcotraficante rompeu a tornozeleira eletrônica e fugiu, como noticiou a RENOVA.

Para Fux, segundo a revista Veja, a Justiça deveria analisar com rigor os casos:

“Antes de qualquer decisão, uma análise criteriosa deve ser feita pelos juízes. A liberdade de um preso não pode colocar em risco a segurança da sociedade e gerar uma crise na segurança pública.”

O ministro acrescentou:

“Traficantes não fazem parte do grupo considerado violento ou de grave ameaça, mas são os autores de crimes bárbaros. O Conselho Nacional de Justiça ‘recomendou’ – e não ‘determinou’ – a liberação dos presos em regime semiaberto. Essa orientação não pode ser distorcida.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email