Português   English   Español

Gabriela Hardt avança com processo do sítio de Atibaia

Hardt negou pedido da defesa do ex-presidente Lula e avançou com o caso do sítio em Ataibaia.

A juíza Gabriela Hardt, que substitui o ex-juiz Sergio Moro na condução da Lava Jato, negou pedido da defesa de Lula por novas diligências e fixou prazos para as alegações finais na ação penal que apura pagamento de propina na reforma do sítio de Atibaia.

O Ministério Público Federal (MPF) terá nove dias para suas alegações, a partir do dia 30. A Petrobras terá dois dias, a partir do dia 11 de dezembro e as defesas terão outros dez dias, contando do dia 13.

Enquanto isso, a defesa de Lula questiona a Justiça Federal do Paraná e o TRF-4 sobre o juiz natural do processo.

Os advogados alegam que Hardt não poderia sentenciar o ex-presidente pois Moro foi exonerado e quem deveria assumir é um outro juiz que ainda deve ser escolhido pelo próprio TRF-4, conforme noticiou a Renova Mídia.

Adaptado da fonte O Antagonista

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter