Português   English   Español
Português   English   Español

Gabrilli repudia declaração de Olavo sobre ‘doente preso em cadeira de rodas’

Gabrilli repudia declaração de Olavo sobre 'doente preso em cadeira de rodas'
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Olavo disse que os militares estão se escondendo por trás de um doente preso a uma cadeira de rodas.

A senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) respondeu ao comentário do filósofo Olavo de Carvalho sobre o comportamento de alguns membros das Forças Armadas.

Em sua conta oficial do Facebook, na noite desta segunda-feira (6),Olavo declarou:

“Nem o Lula seria vil e porco o bastante para, fugindo a argumentos sem resposta, se esconder por trás de um doente preso a uma cadeira de rodas. Mas os nossos heróicos generais são.”

O comentário aparenta ser uma resposta às críticas recentes feitas pelo ex-comandante do exército e assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) general Eduardo Villas Bôas, como você viu na RENOVA.

A senadora tucana, que é tetraplégica, criticou a atitude do escritor:

“Estar em uma cadeira de rodas não é uma prisão. Ao contrário, a cadeira é o que garante o ir e vir. Sinônimo de liberdade para quem é bem resolvido consigo mesmo, como o General Villas Bôas, exemplo de grandeza, lucidez e produtividade. É lamentável que num país onde há grandes exemplos de pessoas com deficiência, ainda escutemos falas nocivas que ferem a dignidade humana. Quem usa a condição física de uma pessoa para atacá-la vive num cárcere mental, que ao contrário da cadeira de rodas, limita e desconstrói.”

O general Villas Bôas sofre de uma doença neuromotora degenerativa, que leva à perda de mobilidade e problemas respiratórios. Ele usa uma cadeira de rodas para se locomover desde o fim de 2017.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...