- PUBLICIDADE -

Garrafa com bilhete pode ser de náufraga do Titanic

Garrafa com bilhete pode ser de náufraga do Titanic
- PUBLICIDADE -

Titanic colidiu em um iceberg em 14 de abril, o que provocou o naufrágio.

Um bilhete foi encontrado no interior de uma garrafa em uma praia do Canadá. Até aí nada fora do normal.

No entanto, a mensagem pode ter sido escrita por uma das vítimas do mais famoso naufrágio de todos os tempos: o do Titanic, ocorrido 105 anos atrás. 

Após ter sido localizada por uma família em New Brunswick, em junho de 2017, a garrafa agora passa por análise para verificar a autenticidade.

Datada de 13 de abril de 1912 — um dia antes do naufrágio –, a carta é assinada por Mathilde Lefebvre, de 12 anos, uma passageira da terceira classe que viajava a bordo do navio.

Titanic, um dos navios mais famosos da história

Confira um trecho da mensagem:

“Estou jogando esta garrafa no mar, no meio do Atlântico. Devemos chegar a Nova York em alguns dias. Se alguém a encontrar, diga à família Lefebvre em Liévin.”

O historiador Maxime Gohier afirma que a garrafa pode ser o primeiro artefato do Titanic encontrado na costa dos Estados Unidos:

Já o pesquisador Nicolas Beaudry, da Universidade de Quebec, comentou:

“Considere várias possibilidades, todas igualmente interessantes e todas ‘genuínas’ a sua maneira. A mensagem pode ter sido escrita por Mathilde a bordo do Titanic ou pode ter sido escrita por outra pessoa em seu nome. Pode ser uma farsa escrita logo após a tragédia ou pode ser uma farsa recente.”

Representação do naufrágio do Titanic

Beaudry acrescentou:

“As marcas de molde na garrafa e a composição química do vidro são consistentes com as tecnologias usadas na fabricação desse tipo de garrafa no início do século XX. A rolha de cortiça e um pedaço de papel enfiado no furo da garrafa revelaram datas de radiocarbono compatíveis com a data da carta. Então, ainda não pegamos alguém que possa ter feito uma brincadeira, mas isso ainda não exclui uma farsa recente.”

Agora, de acordo com informações divulgadas pelo jornal britânico Daily Star, a equipe está pronta para realizar análises químicas adicionais, bem como um estudo geomorfológico da Baía de Fundy, onde a carta foi encontrada. 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -